Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Vigorexia # Músculos… entre a barreira do Saudável!

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 02.08.15

C:\Documents and Settings\fteixeira\Ambiente de tr

 

A vigorexia, transtorno dismórfico muscular ou Síndrome de Adonis, é uma doença psicológica caracterizada por uma insatisfação constante com o corpo (obsessão por um corpo musculoso). A vigorexia afeta, principalmente, os homens levando-os à prática exaustiva de exercícios físicos severos ficando dependentes do exercício físico e obcecados por um corpo musculado.

 

Esta obsessão faz com que a pessoa dedique muito tempo à pratica de exercício físico, abdicando de outras actividades e/ou passatempos.

 

Causas da Vigorexia

Por norma, as pessoas que sofrem de vigorexia têm dificuldade em se enquadrar nos padrões de beleza e procuram aceitação da sociedade através de um corpo, exageradamente, musculoso.

 

Alguns sintomas:

O que se destaca nesta patologia é o fato de a pessoa estar numa excelente forma física e sentir-se insatisfeito com o seu corpo (distorção da auto-imagem e sentimento de inferioridade).

Por mais musculado que esteja a imagem que vê no espelho é de uma pessoa magra/ franzina.

Outros sintomas são:

  • Dor muscular constantes
  • Cansaço ao extremo
  • Lesões musculares
  • Irritabilidade
  • Depressão
  • Anorexia/ Dieta muito restritiva
  • Dietas hiperproteicas
  • Insônia
  • Aumento da frequência cardíaca ao repouso
  • Menor desempenho durante o contato íntimo

Por norma, os vigoréticos adotam uma alimentação muito restritiva, eliminam ao máximo o consumo de gordura e açúcar e “abusam” no alimentos proteicos, com o propósito de aumentar a massa muscular. O uso de anabolizantes também é frequente.

 

A insatisfação é sempre uma constante, consideram-se indivíduos muito magros e frágeis, apesar de serem muito fortes e terem músculos muito bem desenvolvidos.

 

Consequências da Vigorexia

A vigorexia pode promover danos no organismo, como a insuficiência renal ou hepática, problemas de circulação sanguínea ou depressão.

Se houver abuso do uso de anabolizantes, pode ainda haver doenças cardiovasculares associadas, cancro da próstata e diminuição do tecido testicular.

 

Tratamento para vigorexia

O tratamento mais indicado da vigorexia é multidisciplinar, com nutricionista, endocrinologista, psiquiatra, psicólogo e ainda fisioterapeuta e ortopedista, no caso de haver lesões musculares ou articulares provocadas pelo excesso de treino.

 

O tratamento tem como objetivo ajudar a pessoa a aceitar o seu corpo da maneira como ele é.

C:\Documents and Settings\fteixeira\Ambiente de tr

 

A barreira entre o saudável, “fit”, musculado, tonificado e uma doença, nem sempre é fácil de "diagnosticar"!

 

publicado às 08:55


Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor



Detox Original! 10% Desconto com o código: DINORABASTOS


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog