Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


X6-Slimtech - Drenante

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 01.08.16

Slim drenante.JPG

 X6-Slimtech o drenante que eu adoro!

 

- Ultra-drenante

- Potente termogénico

- Queima gorduras (burn)

- Reduz o apetite por doces

- Sem cafeín X6®

 

Slimtech® é o “super” suplemento da boa forma física que combina os efeitos drenante + termogénico + inibidor do apetite.

 

Com 6 “super” ingredientes que fazem do X6 – Slimtech a derradeira arma para o emagrecimento saudável e boa forma física:

 

CLA (ácido linoléico conjugado)

Ácido gordo natural que actua na redução da massa gorda corporal, sobretudo nas zonas localizadas, com efeito adicional na tonificação e preservação da massa muscular.

 

L-Carnitina

Substância natural, existente no nosso corpo, que ajuda no transporte de ácidos gordos para a célula, aumentando assim a utilização de gordura para a produção de energia.

 

Gotu Kola (Centella Asiática)

Planta medicinal de excecional efeito na melhoria da circulação sanguínea, combatendo eficazmente a retenção de líquidos, sensação de pernas inchadas e celulite.

 

Laranja Amarga

Antioxidante natural com efeito diurético (drenante), melhora a metabolismo das gorduras e auxilia na eliminação de líquidos e toxinas em excesso.

 

Bromelaína

Enzima natural vegetal existente em frutas como o ananás, que actua beneficamente como auxiliar da digestão e anti-inflamatório, tratando e prevenindo a sensação de edema (inchaço).

 

Crómio

Micronutriente envolvido no metabolismo dos açúcares, contribui para a eficácia da insulina na manutenção de níveis de glicémia normais, resultando no controlo do apetite, especialmente por doces.

 

Uso Recomendado: Tomar 20 ml ao almoço e 20 ml ao jantar, ou, Diluír 40 ml numa garrafa de 1,5 l de água mineral e beber durante o dia.

 

ATENÇÃO: Não deve ser usado em mulheres grávidas ou em período de aleitamento. Este suplemento não deve ser utilizado como substituto de um regime alimentar variado e equilibrado e um modo de vida saudável.

Não recomendado em caso de hipersensibilidade ou alergia a qualquer um dos constituintes da formulação.

 

NOTA:

A perda de peso é um processo complexo que deve englobar um estilo de vida saudável promotor de saúde, com alimentação adequada e ajustada a si e com atividade física regular.

Procure um profissional de saúde que o acompanhe.

 

Boa Saude - Loja online

Boa Saude - facebook

publicado às 21:15

Diário de uma Magra # A vida não é um deserto...Decide tu aonde vais... Não queiras ficar no cais!

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 29.10.15

Di.jpg
Impele a Tua Própria Canoa

 

 "Não deixes cair teus olhos,
Não te deixes enganar,
Olha de frente os escolhos,
Olha podes encalhar.

É urgente estar atento,
Ver para onde corre a maré,
Ver de onde sopra o vento,
Não vás tu perder o pé.

(Refrão)
B.p. é quem to diz, oh oh,
Impele a tua própria canoa.
Se queres mesmo ser feliz,
Não te deixes ir à toa,
Impele a tua própria canoa,
Impele a tua própria canoa.

A vida não é deserto
Não queiras ficar no cais
Lenço rubro é rumo certo
Decide tu aonde vais
Não queiras ficar no cais."

 

publicado às 21:56

Alimentação # Treino # Massa Muscular

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 26.04.15

 

C:\Documents and Settings\fteixeira\Ambiente de tr

 

Na sociedade atual, o culto pelo corpo não é novidade e é um movimento em franco crescimento.

Para ganhar músculos é preciso ter disciplina e rigor no treino, uma alimentação equilibrada, completa e variada e escolher bem os alimentos que nos podem fornecer nutrientes indispensáveis.

 

Não adianta treinar horas num ginásio e no fim comer doces, alimentos com alto teor de gordura e beber refrigerantes!

Foque-se na alimentação!

 

Proteína - Os alimentos proteicos ideais são aqueles com alto valor biológico, isto é, que possuem todos os aminoácidos essenciais em quantidades certas para a construção muscular. Um desses aminoácidos em particular, a leucina, como comprovou uma recente pesquisa (The Journal of Nutrtion), estimula diretamente a síntese de proteínas por ativar uma enzima responsável pelo crescimento do músculo.

 

Os Hidratos de Carbono são tão importante quanto a proteína para ganhar músculo. Eles “dão força” durante o treino e, depois do exercício físico, restabelecem as reservas de energia que foi gasta. Na falta deste nutriente, antes e após a atividade física, o organismo não se recupera adequadamente e não ganha massa muscular.

Os hidratos de carbono mais recomendados para potencializar o crescimento de massa magra são os de baixo índice glicêmico (IG), um marcador que sinaliza a capacidade de um alimento de elevar o nível de açúcar no sangue. A digestão desses alimentos é mais lenta e oferece saciedade por mais tempo.

 

Alguns exemplos de alimentos benéficos para o crescimento muscular:

 

Cereais e pães integrais

Produtos ricos em fibras, como os cereais e os pães integrais, são exemplos de comidas que possuem um baixo IG e, por isso, devem ser incorporados na dieta. Por não elevarem os níveis de açúcar no sangue rapidamente, esses alimentos ainda diminuem a tendência do organismo de acumular gordura, de acordo com o nutricionista Rodrigo Macedo.

 

Batata-doce

A batata-doce é composta de carboidratos de baixo índice glicêmico, o que prolonga a sensação de saciedade. O consumo de carboidratos ao longo do dia é importante porque possibilita que as lesões ocasionadas no músculo durante a atividade física sejam regeneradas. “Ingerir corretamente o nutriente também recupera os estoques de energia do músculo, o glicogênio muscular”.

 

Mandioca

Assim como a batata-doce e os cereais integrais, a mandioca é um alimento de baixo índice glicêmico. Os hidratos de carbono da mandioca são transformados em energia aos poucos, o que auxilia tanto durante o treino, quanto na recuperação das reservas de energia pós-treino. A mandioca deve ser ingerida sem exageros: 100 gramas têm 125 calorias.

 

Carne vermelha

A carne vermelha é uma excelente fonte de proteína de alto valor biológico, isto é, possui todos os aminoácidos essenciais em quantidades certas para a construção muscular. “Essa propriedade se deve à presença da leucina, um aminoácido que estimula a síntese proteica e regenera a musculatura após a atividade física” diz o biomédico Rodrigo Minoru. A recomendação é optar por cortes de carnes com menor teor de gordura, como alcatra e filé mignon. Em 100 gramas de carne vermelha há 26 gramas de proteína.

Atenção ao valor calórico!

 

Carnes brancas

Assim como as carnes vermelhas, as brancas e o peixe, são fontes de proteína, com a vantagem de terem menor teor de gordura saturada, (associada ao excesso de peso/obesidade e colesterol alto). Em 100 gramas de frango há cerca de 25 gramas de proteína e no salmão cerca de20 gramas.

 

Leite

O leite é um alimento proteico ideal para o crescimento muscular porque contém aminoácidos inteiramente absorvidos pelo organismo, como a leucina. Com mais oferta de proteína no corpo, o músculo terá mais facilidade para crescer. Um copo de leite tem 8 gramas de proteína.

 

Ovo

O ovo é uma boa fonte de proteína para o crescimento muscular principalmente por causa da clara, que é rica em albumina, uma proteína que o organismo consegue digerir, absorver e utilizar inteiramente. Um ovo de galinha médio possui 10 gramas de proteína.

 

C:\Documents and Settings\fteixeira\Ambiente de tr

 

Bom Treino e boa Dieta ;)

 

"Para alcançar os melhores resultados [no ganho de massa magra], é fundamental consultar-se com um nutricionista e ter um plano alimentar específico para si", diz Rodrigo Minoru Manda (nutricionista).

 

Fontes:

Rodrigo Macedo, nutricionista e mestre em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e professor da Faculdade Fátima, no Rio Grande do Sul;

Rodrigo Minoru Manda, biomédico e professor do Centro de Metabolismo em Exercício Físico e Nutrição da Universidade Estadual Paulista;

Josivan Lima, endocrinologista da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

 

publicado às 13:10

"Comer Limpo" # Afinal o que é?

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 22.04.15

eat clean blog.jpg

A mecânica da alimentação é baseada em ciência, no entanto, todos os dias ouvimos novas manchetes que tornam difícil distinguir a diferença entre a ciência baseada na investigação e a “última moda”.

 

Um conceito recente e cativante é o de "comer limpo", muito ouvido em ginásios, em capas de revistas e em todos os meios de comunicação social. Mas afinal o que é “comer limpo”?

 

Na verdade não existe uma imposição legal, objetiva, com apoio de pesquisas ou mesmo definição consistente para o termo " comer limpo".

 

Para alguns, isso significa evitar alimentos processados. Para outros, é interpretado como dietas “low carb” (baixas em hidratos de carbono), sem carne, sem leite, sem alimentos geneticamente modificados, ou de uma combinação de várias “teorias nutricionais”.

 

Há, no entanto, muitas implicações inesperadas ligados a usar a palavra “limpa”, levando-nos a sentir uma sensação de pureza, superioridade, uma espécie de "nós somos aquilo que comemos" (mentalidade que leva a uma ênfase moralista, muitas vezes exagerada).

 

Há uma crença de que se eu comer desta forma:

Eu vou ser saudável, prevenir doenças e ter um peso ideal.

Eu vou ficar bem, na verdade, porque eu estou comendo "bom", eu sou realmente uma boa pessoa!

E, por outro lado, se eu não “comer limpo”:

Eu, provavelmente vou ficar doente, ganho de peso não desejado, e não ser suficientemente saudável.

Eu estou a tomar decisões "más", o que significa que eu sou provavelmente mau/fraco.

 

Para muitos, o caminho de “comer limpo” é aquele que começa a partir de um momento de necessidade de mudança, onde se pretende melhorar a vida, a saúde, bem-estar ou a energia. Isto é verdadeiramente admirável! Mas, o que me preocupa é quando as mudanças são para extremos, para formas rígidas de comer ou para mudança radicais de comportamento, iniciando uma mentalidade e padrões que são tudo menos equilibrados. Desistimos de experiências e oportunidades sociais por causa da necessidade de cumprir uma alimentação rígida.

 

Não há uma maneira perfeita de comer, como também não há um corpo perfeito, ou uma pessoa perfeita. Escolha alimentos/comida para lhe fornecer uma variedade de opções agradáveis e cheios de nutrientes.

 

publicado às 23:26

Duplique a sua Perda de Peso # Diário Alimentar

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 12.04.15

C:\Documents and Settings\fteixeira\Ambiente de tr

 

Se alguém lhe disser que, com uma simples medida, você pode perder o dobro do peso - não tenta?

 

De acordo com um estudo publicado no American Journal of Medicina Preventiva, registando tudo o que você come (ou seja, elaborar um diário alimentar) pode dobrar a perda de peso de uma pessoa.


Os investigadores concluíram que aqueles que mantiveram registos alimentares diários perderam duas vezes mais peso do que aqueles que não mantinham os registos. Parece que, o simples ato de escrever o que você come pode ajudá-lo a consumir menos calorias (consciencialização!).

 

Então, se você está a pensar iniciar um plano de perda de peso inicie também o seu Diário Alimentar!


Este registo não tem que ser muito exaustivo ou demorado. Basta rabiscar o que você come no computador, bloco de notas ou o que for mais acessível. É o processo de reflexão sobre o que você come que o ajuda a tornar-se consciente da sua real ingestão de alimentos e hábitos.
Mesmo se o seu objectivo não for perder peso, registar o seu dia alimentar ajudá-lo a melhorar sua alimentação, a sua rotina e os seus hábitos.

 

De acordo com o Wall Street Journal, existem mais de 400.000 aplicativos de software para smartphones, tablets e outros dispositivos móveis. E, pelo menos, 10.000 objectivo de ajudar com dieta e exercício!! (Tenho que pesquisar o que temos no mercado ;) )!

 

C:\Documents and Settings\fteixeira\Ambiente de tr

Comece a semana com novo objectivo… Diário Alimentar :) É simples, rápido e ainda o ajuda na gestão de peso!

 

Boa semana!

 

FOTO: Tudo Combinado!

publicado às 17:03

Granola # Será uma boa opção?

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 29.03.15

 

C:\Documents and Settings\fteixeira\Ambiente de tr

 

A  granola é um composto de cereais torrados – aveia, arroz, trigo, milho e centeio -, misturados, normalmente, com mel ou açúcar mascavo e frutas, como uvas passas, flocos de maçã e castanhas.

 

Existem várias maneiras de se ingerir a granola. Pode ser consumida com iogurte, na salada de frutas, com leite, sorvetes, bolos, pães, etc. A imaginação manda!

 

A granola está muito associada às dietas de emagrecimento, a um estilo de vida mais saudável e é muito procurada por atletas e/ou pessoas que querem aumentar a quantidade de fibra da sua alimentação.

 

No entanto, a granola encontrada nos supermercados é, geralmente, bastante calórica. Logo, se o seu objectivo é perder peso NÃO abuse!

 

Opte por granola sem frutas desidratadas e sem açúcar, mel ou melaço.

Ou faça a sua granola caseira ;)

Pode ver uma receita super gostosa de granola aqui!

 

C:\Documents and Settings\fteixeira\Ambiente de tr

 

Esta granola veio directamente do Brasil :) Uma delícia… docinha, docinha!

Adoro. Mas não utilizo todos os dias, pois tem 21g de açúcar /100g (ou seja 3 pacotes de açúcar / 100g, OMG!).

 

Faça escolhas saudáveis, o seu corpo agradece!

 

publicado às 16:09


Mais sobre mim

foto do autor



Detox Original! 10% Desconto com o código: DINORABASTOS


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog