Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Açúcar # OMS reduz para metade o limite diário recomendado

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 19.03.15

A Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou no início deste mês recomendações, alertando que o açúcar não pode ultrapassar a marca de 10% do consumo diário de energia de uma pessoa, sob o risco de criar sérios problemas de saúde.

 

O consumo de açúcar na América do Sul teria de ser cortado pela metade para estar dentro dos limites estabelecidos pela OMS. Segundo a entidade, uma pessoa não deveria consumir mais de 50 gramas de açúcar ou 12 colheres de chá.

 

A entidade também indicou que uma redução ainda mais dramática, para apenas 25 gramas por dia – ou seis colheres de chá traria vantagens ainda mais claras. Isso representaria um limite de apenas 5% no total de energia consumida por um adulto ou criança.

 

A recomendação da OMS não inclui o consumo de frutas e legumes em seus cálculos nem o açúcar presente no leite. Para os especialistas, o valor se refere aos açúcares tratados com os monossacáridos, como glucose e frutose adicionados em bebidas e alimentos.

 

“Temos evidências sólidas para mostrar que manter o consumo de açúcar abaixo de 10% do consumo de energia reduz os riscos de sobrepeso, obesidade e problemas dentários”, declarou Francesco Branca, diretor da OMS para Nutrição.

 

Para a OMS, porém, famílias que conseguirem ainda reduzir o consumo a menos de 5% estariam garantindo de forma ainda mais enfática sua condição de saúde. De acordo com a entidade, uma grande parte do consumo de açúcar hoje está “escondida em alimentos processados e que não são vistos normalmente, como doces”. Por exemplo, uma colher de ketchup contém 4 gramas de açúcar. Uma só lata de refrigerante teria 40 gramas de açúcar. Uma pesquisa no supermercado americano indicou que 80% dos produtos contêm açúcar adicionado.

 

Aplicação de Impostos

Para a entidade, governos precisam restringir a publicidade para crianças de refrigerantes e de alimentos processados, além de elevar impostos sobre produtos com altos valores de açúcar. Outra medida sugerida é reforçar leis sobre a etiquetagem de produtos para incluir detalhes sobre o volume de açúcar. A OMS também pede que governos e a indústria de alimentos negociem uma redução no volume de açúcar nos alimentos processados.

 

Veja alguns exemplo:

 

açucar alimentos.jpg

 

Fonte: OMS

 

publicado às 21:22


Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor




Detox Original! 10% Desconto com o código: DINORABASTOS


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog