Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Flash NUTRITION Interview # Fernando Pimenta

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 16.04.14

Fernado Pimenta um atleta que não precisa de apresentações.

 

BI:

Idade: 24 Anos

Peso: 82 kgs

Altura: 179cm

% Gordura: 6,5%

 

Define o que representa a canoagem para ti?

A canoagem para mim neste momento é uma forma de vida, assim como ser atleta de alta competição. A canoagem é muito mais do que um simples desporto, na canoagem conseguimos distrair-nos dos problemas do dia-a-dia, passar por locais onde poucas pessoas tem acesso e ver/interagir com a natureza de outra forma.

 

Porquê a canoagem? Desde quando praticas esta modalidade?

Com a canoagem aprendi muita coisa, a ter disciplina, a vencer e a perder, a fazer sacrifícios em trocas de resultados. A canoagem não é um desporto monótono como a maioria dos desportos, praticamos mais modalidades sem ser canoagem para a nossa preparação o que nos torna muito versáteis. Pratico canoagem desde 2001 (desde os 11anos).

 

Que benefícios, a nível de saúde te traz este desporto?

O desporto de alta competição como a canoagem não traz muitos benefícios, talvez pelo contrário. Na alta competição os treinos/ provas são muitos violentos/desgastantes para o nosso corpo. Em troca prepara-nos para termos por exemplo uma alimentação cuidada e bastante variada para que consigamos ter o máximo de rendimentos no dia-a-dia.

 

Qual é a tua rotina de treinos?

Normalmente treino 2 a 3 vezes por dia, existem treinos que chegam a ultrapassar as 2 horas. Geralmente de manha fazemos sempre um treino de Rio e a tarde temos sempre mais um ou dois treinos que podem variar entre corrida, ciclismo/BTT, Ginásio, natação … Todos os dias são dias de treinos, exceto 2 semanas por anos que utilizamos para descansar e aproveitar para recuperar energias e um ou outro dia/data especial.

 

Tens algum cuidado com a alimentação?

Sim, tento fazer uma alimentação equilibrada e variar ao máximo. Procuro alimentos que me ajudem a recuperar melhor e que me façam sentir bem nas provas/treinos evitando assim desconforto. Tento fazer sempre várias refeições ao dia 5/7.

 

Alimentos que evitas (e porque)?

Evito os frios e comidas com óleos pois prejudicam a saúde mesmo de qualquer pessoa comum. Também evito ao máximo as comidas fast-food pois em termos nutricionais não são as tão ricas como um bom prato de comida.

 

Alimentos que não dispensas (e porque)?

Tenho vários alimentos que não dispenso, como o arroz, a massa, as saladas/verduras e uma refeição de peixe e outra de carne por dia.

 

Com o passar dos anos (e a experiência) os teus hábitos alimentares mudaram? Principais diferenças que melhoraram a tua performance?

Sim, sem dúvida, como passar dos anos aprendi a controlar mais um pouco aquilo que comia. Como menos de cada vez, evito ficar “cheio” e comer até me sentir bem e a evitar. Evitar os doces ou comer os doces no momento certo e evitar também os refrigerantes. Quando se trata de desporto de alta competição todos os fatores contam para o resultado final e a alimentação é uma dos fatores mais importantes.

 

Tomas algum suplemento? (Regularmente? Aconselhas?)

Sim, muita gente tem um grande preconceito sobre os suplementos. Na nossa modalidade o desgaste do nosso organismo é muito grande, os treinos são muito violentos e para conseguirmos recuperar a alimentação normal muitas vezes não é o suficiente. Não posso ser eu a aconselhar, isso deve de partir das pessoas e depois da forma como o fazem.

 

Achas importante um acompanhamento nutricional para melhor os resultados?

Sim, pois nós não sabemos tudo e quando se é acompanhado por um especialista conseguimos melhorar os nossos hábitos alimentares, saber quando se deve comer este ou aquele alimento, o porquê de ter de ser assim e mesmo esclarecer algumas dúvidas.

 

Qual é o teu próximo objetivo?

Tenho como principais objetivos alcançar bons resultados nas provas que se aproximam (taças do mundo, Camp. Da Europa e Camp. Do Mundo) e até lá ir melhorando os meus aspetos mais fracos.

 

Como é ser jovem atleta (canoagem) em Portugal? Muitas dificuldades?

É muito complicado, Portugal infelizmente ainda não é um país que está virado para a prática e apoio ao desporto de alta competição. Nós Portugueses ainda não temos uma cultura desportiva quer de grande conhecimento quer na prática de desporto para lazer e bem-estar. Esta é ainda uma modalidade pouco conhecida e que ainda não tem o devido apoio. Espero que um dia ainda seja um desporto mais respeitado e apoiado.

 

Um sonho: Campeão Olímpico

Um objetivo profissional: Conseguir e conquistar grandes resultados para Portugal

Um momento inesquecível (desportivo): A primeira medalha Nacional, a primeira medalha internacional e a conquista da Medalha Olímpica em Londres

Prato preferido: Arroz de sarrabulho à moda de Ponte de Lima e um bom bife com ovo e batata frita

Perca a cabeça com (“pecado gastronómico”): Chocolate e os pratos acima referidos

Um lema de vida: “O sonho comanda a Vida”

 

 

Muito sucesso!!!

publicado às 16:03



Mais sobre mim

foto do autor



Detox Original! 10% Desconto com o código: DINORABASTOS


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog