Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Crossfit # Nutrição # Suplementação

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 01.05.15

C:\Documents and Settings\fteixeira\Ambiente de tr

 

Atualmente, a busca por modalidades que otimizem a performance e composição corporal é intensa. E, o Crossfit está no topo!

 

Uma das principais características do Crossfit é justamente promover a melhoria na condição física e, consequentemente, obter resultados expressivos na redução da gordura corporal e na modelagem da massa muscular.

 

O treino associa exercícios de ginástica olímpica, levantamento de peso e atletismo, sendo uma metodologia de treino baseado na grande amplitude de intensidades e consequentemente aumento do desempenho nos exercícios de força, velocidade, flexibilidade e agilidade. É importante salientar a necessidade da correta execução dos movimentos sob a supervisão de um profissional capacitado porque a incidência de lesões é grande.

 

Nutrição e rendimento

Em função da grande exigência física durante a execução dos exercícios, é necessário a otimização dos mecanismos de recuperação e melhora dos resultados. Afinal, a magia da transformação física acontece no repouso após um grande estímulo. Sendo assim, o nutricionista é o profissional capacitado para a correta orientação do atleta ou desportista e “peça-chave” para otimização dos resultados.

 

Suplementação, recuperação e perfomance

Dentro de um plano nutricional, a suplementação apresenta-se como um recurso ergogénico interessante. O foco dessa suplementação baseia-se na recuperação, onde suplementos como o BCAA, Whey Protein e Caseína funcionam otimizando o pretendido.

 

É bem documentado na literatura que a prática de exercícios de alta intensidade, gera microtraumas adaptativos no músculo exercitado. A suplementação de BCAA antes e depois do treino, pode minimizar os efeitos negativos dos danos musculares por favorecer a redução da lesão muscular, bem como a diminuição das dores musculares e servir como um substrato chave na recuperação muscular mais rápida.

Além disso, sugere-se que o uso de quantidades significativas de BCAA durante exercícios exaustivos pode aumentar a performance através de efeitos sobre o cérebro, ou seja, prevenindo a fadiga central.

 

Outro produto interessante que deve ser incorporado na estratégia nutricional é a Whey Protein. Em algumas marcas de suplementos, além da presença dos aminoácidos de cadeia ramificada apresenta a cisteína, aminoácido importante na síntese de uma enzima antioxidante denominada glutationa, responsável pela neutralização de radicais livres, bem como na participação de “reações de desintoxicação”. O aumento na produção de radicais livres está diretamente associado a fadiga, sendo sua modulação essencial para esse tipo de atividade.

 

Num estudo recente, avaliou-se um ganho de massa muscular mais satisfatório após o consumo simultâneo de um blend de Whey Protein adicionado de caseína. O resultado, é decorrente da inibição na degradação muscular e manutenção da síntese no período de recuperação devido a oferta constante e duradoura de aminoácidos da caseína.

 

Outra abordagem interessante e eficiente é aumentar a ingestão do suplementos ricos em em Omega 3 – EPA e DHA -. A associação desses compostos tem mostrado inúmeros benefícios como redução da inflamação, aumento do fluxo sanguíneo, melhora do sistema imune e da função cerebral. A melhora do fluxo sanguíneo e redução da inflamação são de extrema importância para a performance e consequente recuperação de atletas.

 

Leia também:

Suplementos Myprotein 

Flash NUTRITION Interview # Emanuel Silva 

Flash NUTRITION Interview # Elsa Pena

 

Fonte: Crossfit - Alexandra Feltre (tips4)

Foto: Reebok Crossfit

 

publicado às 10:20


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor



Detox Original! 10% Desconto com o código: DINORABASTOS


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog