Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Flash NUTRITION Interview # Paulo Conceição

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 10.05.14

B.I.

Idade: 45 anos

Peso: 75 kg

Altura: 1.71m

% Gordura: 19%

Profissão: Conselho Gerência Revigres

 

Grande mudança no seu Padrão Alimentar…e no estilo de vida :) :)

 

O que te motivou para a perda de peso?

Foi o gosto pela prática desportiva e verificar que o meu padrão alimentar não estava de acordo com os meus objetivos.

 

Foi difícil a mudança?

É sempre um grande desafio alcançar os objetivos.

 

 

Atualmente és um excelente atleta, foi a perda de peso que motivou alterações no tipo de alimentação? Ou após a perda de peso houve mais entusiasmo para a prática de exercício físico?

Prática desportiva, alimentação e disciplina estão intimamente ligadas. O conhecimento é uma ferramenta importante para atingir os objetivos e para os manter. Entusiasmo só, não chega, aconselho a recorrer a profissionais na área da nutrição e do desporto e também ler sobre o tema, se poderem leiam “NASCIDOS PARA CORRER”  de Christopher McDougall.

 

Como é o teu ritual de treinos? Que tipo de treino fazes?

Treino em média 4 vezes por semana.

Gosto de todo tipo de desportos, os que mais pratico; Ciclismo, BTT, Duatlo, Atletismo e Ultra Trail.

 

Quais foram as principais diferenças no teu padrão?

As principais diferenças no padrão alimentar, foi recorrer a uma maior variedade de alimentos e a redução de tempo entre as refeições.

 

Hoje manténs os novos hábitos alimentares com prazer ou por “obrigação”?

Hoje tenho o prazer de recorrer a alimentos que desconhecia e pouco me interessavam.

 

3 Alimentos que evitas (e porque)? 5 Alimentos que não dispensas (e porque)?

Evito batatas fritas, rissóis, os fritos em geral, porque já não gosto de alimentos oleosos, a carne de porco também é a ultima escolha. Não dispenso salada, legumes, peixe, fruta, frutos secos, pão e agua.

 

Quais as principais alterações no teu corpo (esteticamente e fisiologicamente)?

Tenho o peso indicado para a minha idade, e permite-me a prática de desporto sem grande sacrifício.

 

Quando sentes que fizeste algum “pecado alimentar” tens algum truque para compensar? Se sim qual?

Após o referido “pecado alimentar” agora volto ao padrão normal de treino e alimentar sem grande sobressalto. Já recorri ao referido “truque” que consistia em treino às 6:30 em jejum, quando o organismo está mais apto a consumira a reserva de gordura.

 

Quantos quilos perdeste no total?

Perdi 14 quilos.

 

Um conselho para quem queira perder peso?

Recorra a um profissional da área alimentar, Nutricionista.

 

Um sonho: Continuar a sonhar com novos desafios.

Um objetivo profissional: Não defraudar os que me rodeiam.

Um momento inesquecível (desportivo): Ultrapassar desafios, quer sejam 150km de bicicleta nos Alpes ou os mais de 50 km da Ultra Trail de Sicó.

Prato preferido: Não tenho, gosto de Sushi e estou a especializar-me em saladas.        

Perco a cabeça com (“pecado gastronómico”): Doces com chocolate.

Um lema de vida: Ter objetivos.

 

 

 

 

Obrigada pelo testemunho**

publicado às 19:50

Mulher feliz # Joias Arromba

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 10.05.14

Porque healthy não é só nutrição hoje decidi fazer um post sobre “saúde mental”.

 

Não há nada melhor para a saúde e alma de uma mulher do que estar bonita, jovem e sempre muito elegante.

 

Com Arromba Joias tudo isto é possível :)

 

 

Um beijinho especial para a Ana Arromba**

publicado às 12:48

Diário de uma magra # Preguiçosa # QUERO Abdominais tablet

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 08.05.14

Bom dia magrinhos, gordinhos e assim-assim :)

 

A minha vida desportiva começou cedo.

 

Aos 5 anos iniciei no ballet, modalidade que até gostava bastante mas a minha preguiça foi mais forte e desisti.

Passei para a dança, outra modalidade bonita e apelativa. Mas a preguiça também me fez desistir.

 

Depois seguiu-se a natação, o basquete, o corta-mato, as provas de velocidade… Enfim, experimentei quase tudo. E desisti de TUDO!

 

Passei a minha infância e adolescência a trocar de modalidade, meter defeitos em todas e o único defeito era meu: PREGUIÇA!

 

A fase de jovem adulta nem merece referência neste post. NÃO ME MEXIA!!

 

Com a chegada dos 30 anos, aumenta a responsabilidade, aumenta a consciência e aumenta TUDO :(

 

Peles caídas? Celulite? Gordurinhas aqui e ali? Nãooooo.

Vamos lá contrariar a idade e evitar que tudo isto apareça.

Então decidi: “Dinorinha o exercício físico vai fazer parte da tua vida”.

 

A intenção de iniciar o exercício físico, de facto começou antes dos 30, mas só perto dos 31 anos é que a minha vontade já sonhava com “pneus” por todo o lado superou a minha preguiça.

 

Nos entretantos inscrevi-me numa dúzia de ginásios (passei por ginásios em Aveiro, Coimbra e arredores)… sempre sem sucesso.

Finalmente, inscrevi-me no Espaço Saúde, e por lá fiquei :) :)

 

Faço cardio 2 vezes por semana (tento não falhar) e quando posso ainda vou correr na estrada com a minha amiga Xaninha.

 

Sou viciada em abdominais e tenho um objetivo (um pouco elevado, mas não vou desistir): fazer uma meia-maratona!!!! Talvez não consiga, mas faz-me bem ter objetivos altos.

 

O meu próximo passo vai ser fazer aulas de grupo, sou completamente descoordenada e tenho que melhor esse ponto.

 

Hoje foi um treino rápido e perto de casa.

 

Amnhã será à beira-mar :)

 

 

 

PS: caminhar, andar, correr, saltar.... MEXA-SE! Em ginásios, na estrada, no parque... o importante é não estar parado! 

 

Beijinhos,

 

Nó**

 

publicado às 11:44

Quer perder peso # Ninguém o pode fazer por si

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 08.05.14

 

. Tem uma balança que não se mexe nem por nada?

. Níveis deploráveis de energia que só parecem piorar?

. Uma pele que começa a ficar pálida ou cheia de rugas e ainda nem passou dos 40 anos?

. Uma pele cheia de borbulhas e há décadas que deixou de ser adolescente?

. Níveis de humor que sobem e descem imprevisivelmente?

. Um ciclo menstrual que a pões (a o toda gente à sua volta) completamente louca?

. Um cansaço que não melhora, por mais que durma?

. Uma sensação de esgotamento, um pouco irritante, da qual não consegue libertar-se?

. Perde e recupera com facilidade 2, 3 ou 4 quilos?

 

Então algo está errado consigo!

 

Apaixone-se pelos VERDADEIROS alimentos e deixe que essa paixão o proteja!

MUDE o seu estilo de vida sedentário e inclua atividade física no seu dia-dia :)

 

Nada se consegue sem esforço e dedicação!

 

publicado às 11:03

Diário de uma magra # Guilty Pleasure

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 06.05.14

 

Porque não começar por aquele “pecado” que não consigo resistir?

 

Para mim não há cinema sem pipocas (tento SEMPRE resistir, mas nunca consigo). Não há pipocas sem pânico e não há pânico que não acabe mal!

 

E a ultima sessão de cinema começou e terminou como todas as outras…

 

Durante o caminho para o centro comercial o pensamento é sempre o mesmo: “Dinora, hoje não vais comer pipocas… Dinora, tu amanha estás mal disposta, com dores de barriga e um peso na consciência do tamanho de um camião”.

 

Estes pensamentos vão e voltam durante todo percurso.

 

“Dinora além do valor calórico, aquele sacão de pipocas é só lixo alimentar… Artérias entupidas… celulite por todo o lado…”.

 

Mas nenhum pensamento é tão forte como a vontade de comer aquelas pipocas estaladiças, crocantes, doces e gordurentas MAS QUE EU ADORO!!!!!

 

Rendida. “Hoje vai ser a última vez que me vou deliciar com pipocas”!

 

Depois começa todo um turbilhão de pensamentos, estratégias e comportamentos para minimizar o estrago que eu sei que vou fazer (e sofrer).

 

O jantar que escolher? Algo simples e pouco calórico. “Uma sopa para começar é o ideal”.

 

São 20h e não há sopa num centro comercial? Incrível!

 

Primeiro restaurante: “A sopa acabou menina”; Segunda tentativa: “Não vendemos sopa”; Terceira tentativa: “Creme de legumes… ah a sopa está terminar penso que não dá para uma dose”. Ultima opção Vitaminas (não sou grande fã da sopa do Vitaminas mas era a minha única opção): Creme de cenoura sem batata!

 

Bem, quando cheguei à caixa pedi uma salada de atum, a sopa não me convenceu :(

 

"Isto está mesmo a correr mal".

 

Na sala de cinema: devorei o pacote de pipocas! Sem sentimentos de culpa, sem pressão, sem "diabinhos nem demónios".

 

Na manhã seguinte a verdadeira ressaca. Dores de barriga, dores no corpo e dores na alma.

 

Não vamos desistir, nem desesperar!

 

Pequeno-almoço: Infusão de gengibre, hortelã e canela (o meu elixir da juventude), ½ queijo fresco magro e duas” bolachas de arroz e quinoa”.

 

30 Minutos depois: Corrida pelo calçadão (a Figueira da Foz tem um lindíssimo) … 5 km nas pernas e a alma mais sossegada.

 

Almoço: Uma verdadeira sopa de legumes :) e um peixinho grelhado!

 

Tento evitar tudo que me causa stresse, ansiedade e descontrolo.

 

Mas quando não consigo evitar APROVEITO o momento e tento compensar no dia seguinte.

 

O importante é que estas “loucuras” não entrem em catadupa e da exceção passem à regra!

 

Post dificil este :(

 

 

Todos nós temos o nosso Guilty Pleasure. Qual é o seu?

 

Beijinhos

 

Nó**

publicado às 01:48

Sumos laxantes # Amigos do intestino

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 06.05.14

 

Se sofre com o seu intestino preguiçoso, que não quer trabalhar nem por nada, estas são as minhas sugestões:

 

 

Opção 1:

1 a 2 laranjas

5 a 6 ameixas secas (cortadas aos pedacinhos)

1 colher de chá de sementes de linhaça

 

Modo de preparação:

. Deixar as ameixas de molho na vespera;

. Misturar as laranjas, as ameixas e as sementes de linhaça no liquidificador até ficar homogeneo;

. Adicionar a água da ameixa ao sumo.

 

 

Opção 2:

2 kiwis

½ papaia

1 colher de sementes de chia

 

 

Modo de preparação:

. Deixar as sementes de chia de molho na vespera;

. Misturar os kiwis, a papaia e as sementes de chia liquidificador até ficar homogeneo;

. Adicionar a água das sementes de chia.

 

 

Opção 3: opção SOS!!!

 

Eucarbon – é um suplemento alimentar constituído por carvão vegetal finamente pulverizado, folhas de sene, extrato de ruibarbo e óleos essenciais de menta e funcho.

publicado às 00:10

Diário de uma magra # A minha promessa

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 05.05.14

Olá magrinhos, gordinhos e assim-assim!

 

Depois de decidir escrever o diário da magra percebi, através do feedback da publicação, que era uma tema sensível, polémico e até agressivo para muitos.

 

Precisei de alguns dias para determinar ao certo o que devia ou não publicar, porque não é meu objetivo criar uma legião de obcecados com o peso, muito menos com a magreza.  

 

Se neste momento está a ler este blog, provavelmente, preocupa-se com o peso e/ou com a imagem corporal… Pois bem, não está sozinho.

 

A nutrição é mais do que contar calorias e a gestão do peso corporal é um assunto que envolve muitos fatores (todos eles complicados e únicos).

 

Uma pergunta frequente nas consultas é: “Será possível perder peso?”

De facto, não é uma tarefa fácil. Infelizmente, apenas 25-30% das pessoas com excesso peso/obesidade conseguem perder e manter um peso saudável a longo prazo.

 

Assim, a perguntar mais acertada seria: “será possível perder peso e manter um peso saudável durante muito tempo?”

A preocupação não deve ser perder peso rapidamente através de atitudes e comportamentos violentamente restritos, não limitar a nossa mudança ao campo alimentar e, PRINCIPALMENTE, não copiar o plano alimentar do vizinho.

 

Somos únicos… e a nossa dieta também.

 

A pressão do meio-ambiente, caracterizada pela pressão de consumir calorias excessivamente, escolha de alimentos nutricionalmente pobres e a fraca apetência para o exercício físico é uma das razões para a maioria não conseguir uma mudança sustentada.

Mudar hábitos, atitudes, crenças, comportamentos, rotinas é tradicionalmente difícil… muito difícil. Somos criaturas de hábitos! Mas é a tarefa fundamental para alcançarmos o nosso objetivo: PESO SAUDAVEL.

 

Aviso que a perda de peso não é um processo simples nem fácil, é um caminho com bastantes obstáculos e a perseverança é crucial!

 

Aqui fica a minha promessa:

 

Vou (tentar) fornecer as ferramentas que eu considero importantes para melhorar a sua gestão do peso corporal e, consequentemente, a sua qualidade de vida;

Vou (tentar) dar-vos o meu testemunho o mais fiel e sincero possível.

 

Beijinhos,

 

Nó**

publicado às 01:21

Diário de uma magra # O inicio

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 01.05.14

Como começar…

 

Hummm!!

 

Bem... sou magra e resolvi escrever um diário (que vou tentar que seja diário, mas não prometo porque vida de magra nem sempre é animada e interessante)!

 

Porquê? Perguntam vocês.

Porque vou tentar transmitir aos magros que não estão sozinhos, aos assim-assim que podem ser melhores (ou não) e aos obesos que não é fácil ser magro, mas é possível!

 

Sempre fui magra… A genética foi minha amiga (apesar de eu nem sempre confiar nela), a minha família foi minha amiga e sempre me habituou a ter um estilo de vida saudável e eu sempre trabalhei para ser uma saudável magra (mas aviso que não sou super mulher e ás vezes, MUITAS, também falho).

 

Durante toda a minha vida (e quando digo toda é MESMO toda) a alimentação e o peso foram uma preocupação. Sempre tentei cumprir uma alimentação saudável, “pecar” o mínimo possível e impor regras (quase sempre) rígidas para ter um corpo saudável e mente sã :)

 

Tive fases mais complicadas que a preocupação virou obsessão, fase ultrapassada e lição aprendida!

 

Agora, e com a maturidade que os 30 me permitem, tento ser o mais equilibrada possível.

 

Mas, o principal objetivo deste diário é transmitir que nós magros também temos as nossas frustrações, as nossas dificuldades e ser magra não é obra do acaso. Porque, realmente há uma pequena percentagem de magros que nada faz para o ser, mas a maioria tem que ter ter um estilo de vida bastante regrado e não deixar que seja o corpo a comandar o nosso dia.

 

Durante as minhas consultas é frequente ouvir: “a Dra. É que tem sorte é magrinha”!

 

E, aquilo que eu tento transmitir na consulta (e agora aqui) é que nada na vida se consegue sem esforço e dedicação.

 

Todos nós conseguimos (com maior ou menor esforço) atingir o nosso peso ideal e sermos saudáveis!

 

Não vale desistir e o céu é o limite!

 

Beijinhos

 

Nó*

publicado às 11:43

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor



Detox Original! 10% Desconto com o código: DINORABASTOS


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog