Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Abacate # Nutrição # Gestão de Peso

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 29.09.16

abacate.jpg

O Nutrition Journal publicou um estudo que associa o consumo diário de abacate e uma melhor alimentação/nutrição, comparativamente a pessoas que nunca consomen esta fruta. Isso porque, de acordo com um estudo da Nutrition Impact, uma consultoria americana especializada em alimentação e nutrição, este hábito aumenta a probabilidade do indivíduo ingerir mais nutrientes, como fibras e vitaminas.

 

Permitindo, deste modo, atingir um peso, índice de massa corporal (IMC) e perimentro abdominal menores.

 

Os pesquisadores basearam-se nos dados de 17.567 pessoas com mais de 19 anos que participaram do Levantamento e Exame de Saúde e Nutrição Nacional (NHANES, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

 

Dos participantes da pesquisa, 347 consumiam abacate, em qualquer quantidade, ao menos uma vez por dia. A média do consumo diário dessas pessoas era de meio abacate de tamanho médio (cerca de 5,5 gramas). Esses indivíduos, em comparação com aqueles que nunca comiam a fruta, consumiam, em média, a mesma quantidade de calorias totais em um dia. No entanto, eles ingeriam mais nutrientes essenciais para uma boa saúde - 48% mais vitamina K, 36% mais fibras, 23% mais vitamina E, 16% mais potássio e 13% mais magnésio em um dia.

 

O estudo também observou que os indivíduos que comiam abacate todos os dias, em média, pesavam 3,5 quilos a menos e tinham um perimentro abdominal quatro centímetros menor do que a das pessoas que não consumiam a fruta. Eles também apresentavam níveis maiores de HDL, o colesterol "bom", no sangue.

 

Síndrome metabólica - A partir desses benefícios associados ao hábito de comer abacate diariamente, os pesquisadores concluíram que o consumo da fruta pode reduzir o risco de síndrome metabólica até 50%.

A síndrome metabólica acontece quando uma pessoa apresenta três ou mais das seguintes características: hipertensão, açúcar elevado no sangue, excesso de gordura abdominal, baixo nível de bom colesterol e índices elevados de ácidos gordos.

 

"Esses resultados sugerem uma associação interessante entre o consumo de abacate e uma melhor nutrição e boa saúde", diz Victor Fulgoni, coordenador do estudo. Segundo o pesquisador, novos estudos sobre a fruta e a sua contribuição à saúde cardiovascular já estão em andamento e devem aprofundar os conhecimentos em relação ao alimento.

 

Leia mais sobre o abacate:

ABACATE / Receita

ABACATE - Preveção AVC

 

Fonte: Nutrition Journal

Veja*

publicado às 10:00

10 Alimentos / Bebidas Que ajudam na Perda de peso (e gordura)!

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 25.09.16

Alimentos Perda Peso.jpg

 

Quando se trata de perda de peso, nem todos os alimentos são iguais e funcionam da mesma maneira. 

 

Alguns alimentos podem aumentar a quantidade de calorias que você queima, diminuir apetite, ou ambos. 

Isto pode ser causado por proteínas, fibras, ou outras substâncias naturalmente presentes nos alimentos. 

 

Aqui estão 10 alimentos/bebidas que não podem faltar na sua alimentação!

 

1. Nozes 

 

Apesar de serem ricas em gordura, as nozes estão entre os alimentos mais amigos da ​​perda de peso.

 

As nozes têm baixo teor de hidratos de carbono, ricas em fibras, gorduras saudáveis ​​e proteínas. 

 

As nozes também são altamente saciantes, sente-se mais completo com menos calorias.  

 

Há também algumas evidências que demonstram que as nozes podem aumentar o seu metabolismo. 

As pessoas que comem nozes tendem a pesar menos, e ensaios clínicos mostram que o seu consumo pode favorecer a perda de peso e levar a reduções significativas no tamanho da cintura. 

 

2. Óleo de coco  

 

As gorduras do óleo de coco consistem principalmente em ácidos gordos chamados de triglicerídeos de cadeia média. 

Este tipo de gordura é metabolizado de forma diferente, e pode ter efeitos biológicos potentes. 

 

Alguns estudos têm mostrado que estes ácidos gordos podem fazer sentir-se tão cheio que ingere até 256 menos calorias por dia, e aumentar o número de calorias que você queima (até 120 calorias por dia). 

 

Curiosamente, os estudos analisaram se o óleo de coco pode causar a perda de peso em humanos e os resultados não mostraram uma redução no peso, mas revelaram uma redução significativa no perímetro abdominal em pessoas que comeram 30 ml (2 colheres de sopa) de óleo de coco por dia. 

 

O que isto significa que o óleo de coco é particularmente eficaz em ajudar a perder gordura da barriga, a gordura nociva, e que tende a acumular-se em torno dos órgãos.

 

3. Batatas Cozidas 

 

As batatas podem promover o aumento de peso, ou ajudar a perder peso, dependendo de como você as prepara.

Pois, batatas fritas e batatas cozidas não são a mesma coisa :)

100g Batata Cozida = 106kcal

100g de Batata Frita = 220kcal

100g de Batata Frita LIGHT de Pacote = 490kcal 

 

As batatas promovem a saciedade. 

 

4. Café 

 

O café, ingerido com moderação, é uma bebida saudável e carregada de antioxidantes e compostos bioativos.  

Há alguma evidência de que a cafeína, o ingrediente ativo do café, pode aumentar a queima de gordura e ajudar a controlar o peso. 

Na verdade, a cafeína pode aumentar 3-11% o metabolismo e aumentar temporariamente a queima de gordura em até 10-29%. 

 

5. Peixes e carnes magras

 

Quando se trata de perder peso, a proteína é o rei dos nutrientes. 

Algumas das melhores fontes de proteína de qualidade na dieta incluem peixes e carnes magras. 

 

Estudos mostram que uma dieta rica em proteínas pode aumentar o metabolismo (80-100 calorias por dia).  

Uma dieta rica em proteínas também pode ajudar a reduzir a ansiedade e desejo de snacks/lanches ao fim do dia e ajudar a prevenir a recuperação do peso durante a fase de "manutenção".

 

6. Vinagre de maçã 

 

O vinagre de maçã é incrivelmente popular na comunidade da saúde natural, e tem sido demonstrado que têm inúmeros benefícios. 

Pode reduzir significativamente a resposta do açúcar no sangue após uma refeição rica em hidratos de carbono e pode ter efeitos modestos sobre o seu peso.

 Um estudo revelou que tomar 15-30 mL (1-2 colheres de sopa) de vinagre por dia promoveu a perda de peso (1,2 - 1,7 kg) ao longo de um período de 12 semanas.

 

7. Chá Verde 

 

O chá verde é outra bebida muito associada ao emagrecimento/perda de peso. 

Como o café, ele contém uma certa quantidade de cafeína, que pode ajudar a queima de gordura. 

 

No entanto, o chá verde também contém várias outras substâncias bioativas que podem ter um efeito interessante. 

De acordo com alguns estudos, o extrato de chá verde pode aumentar o metabolismo em cerca de 3-4% e aumentar a queima de gordura em até 17%.    

 

 8. Pimento 

 

O pimento contem uma substância chamada capsaicina. Muitos estudos têm demonstrado que a capsaicina pode reduzir o apetite e aumentar o metabolismo. 

Por esta razão, a capsaicina é um ingrediente muito popular na perda de peso em suplementos comerciais.

 

9. Água 

 

Água pode ter muitos benefícios, e é surpreendentemente eficaz para perda de peso. Beber cerca de meio litro de água pode aumentar o seu metabolismo em 30% por um período de 1 a 1,5 horas. 

 

Beber água fria ainda é o melhor, porque então o corpo precisa gastar energia (calorias) para aquecer a água à temperatura do corpo. 

 

A melhor época para beber água é antes das refeições, pois beber meio litro de água, meia hora antes das refeições, tem sido demonstrado que aumenta plenitude/saciedade

 

10. Ovos

Os ovos estão entre os alimentos mais saudáveis ​​e mais nutritivos da nossa alimentação.

 

 Os ovos foram demonizados por serem ricos em colesterol, mas investigações recentes mostram que eles têm efeitos negligenciáveis ​​sobre o colesterol no sangue. 

 

Existem também alguns estudos que mostram que comer ovos ao pequeno-almoço pode ser útil para perda de peso. 

Outro estudo mostrou que um pequeno-almoço com ovos causou 65% maior perda de peso do que um pequeno-almoço só com pão/bolachas, embora ambas as refeições continham o mesmo número de calorias. 

 

Nota: A alimentação deve ser sempre ajusta às suas necessidades, objetivos e gosto pessoais.

Procure um profissional de saúde que o ajude a estabelecer metas reais e a atingir os seus objetivos de uma maneira saudável.

 

Fonte: Kris Gunnars, BSc CEO and Founder. Bachelor's Degree in Medicine.

Foto: Google

 

publicado às 22:50

Ovos # Afinal quantos ovos posso comer? O ovo aumenta o colesterol?

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 16.09.16

Ovos e mais ovos..

Cozidos, escalfados ou ovos mexidos, são uma ótima maneira de começar o meu dia.

 

Ovo.jpg

 Características nutricionais

 

. As suas proteínas são as de melhor qualidade.

. O seu teor de gorduras não é muito elevado e possui mais gorduras boas (insaturadas) que más (saturadas). 

. É muito rico em minerais (fósforo, ferro, zinco…) e também uma excelente fonte de vitamina A, D e vitaminas do complexo B (vitamina B2, B12, folatos). 

. O Ovo fornece quantidades apreciáveis de colina (importante na manutenção das membranas das células) e dos carotenóides luteína e zeaxantina que intervêm na saúde dos olhos reduzindo o risco de cataratas e degeneração macular. 

 

Sabia que…

 

. A gema de ovo contém lecitinas que metabolicamente impedem a subida de produção de colesterol pelo nosso corpo?

. A presença de colesterol na alimentação não se relaciona diretamente com os níveis elevados do mau colesterol (LDL) no organismo? Esta subida deve-se sobretudo ao consumo de gordura saturada presente nas carnes vermelhas, enchidos, fumados, manteiga, leite gordo.

. Se associarmos o consumo de colesterol, por exemplo através do ovo, ao consumo de hortofrutícolas verifica-se uma diminuição da absorção intestinal de colesterol?

. O Ovo fornece quantidades apreciáveis de colina (importante na manutenção das membranas das células) e dos carotenóides luteína e zeaxantina que intervêm na saúde dos olhos reduzindo o risco de cataratas e degeneração macular.

 

. E, para quem pretende perder peso o seu consumo pode ser uma mais-valia devido ao seu poder saciante :)

 

 

Para a mairioa das pessoas saudaveis (quem tem os níveis de colesterol normais) pode consumir até um ovo/dia.

 

 

Qual a melhor forma de consumir o ovo?

 

A forma mais saudável é cozido, apresenta cerca de 70 kcal /ovo médio (150 Kcal/100g).

Cozido por 2 a 3 minutos não perde muito as qualidades nutricionais.

O frito pode chegar a 200 Kcal/100g.

 

Torne o seu ovo estrelado saudável…

 

. “Estrelar” em Água:

Substituir a gordura por água e imergir em água quente o ovo sem casca.

 

. “Estrelar” no Micro-ondas:

Colocar o ovo num pires de café, levar ao micro-ondas a uma potência de 75 kW durante 2minutos

E não se esqueça: Não use sal para temperar o ovo.

Recorra, por exemplo, a ervas aromáticas.

 

Nota: apesar do ovo ser uma das mais valiosas fontes de proteína animal e não alterar o colesterol, o seu consumo deve ser ajustado às necessidades individuais.

 

 

Fontes:

APN (Associação Portuguesa de Nutricionistas)

Serviço Nacional de Saude - Instituto Nacional de Saude Dr Ricardo Jorge

 

Foto: Crispy Fried Egg

 

publicado às 00:11

Figos

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 13.09.16

Os figos são produzidos, maioritariamente, na Turquia e na Grécia.

O figo é um dos frutos mais rico em fibras, apresenta uma boa quantidade de potássio, cálcio, magnésio e ferro e é uma excelente fonte de polifenois!

 

Alguma investigação

 

. Digestão: os figos são, naturalmente, ricos em fibra e contêm enzimas digestivas que podem ajudar na digestão;

. Gestão de peso: a fibra pode desempenhar um papel importante no controlo do peso, ou seja, permite que as pessoas se sintam satisfeitas mais rapidamente e “retardar” a absorção das calorias;

. Saúde cardíaca: os antioxidantes chamados fenóis (especificamente, os que se encontram nos figos) reduzem os danos e as mutações nas células do organismo, possivelmente oferecendo um efeito protetor contra a doença cardíaca e o cancro;

 

Ainda...

 

- Reduz a pressão sanguínea
- Reforça a densidade óssea
- Diminui os níveis de triglicerídeos e de colesterol no sangue
- Ajuda a controlar o diabetes
- Auxilia a função intestinal saudável e previnem a obstipação
- Melhora o sistema imunológico
- Aumenta a saciedade
- Previne a degeneração macular
- Alivia dores de garganta

 

Ahhh... E, não tenha receio, pois os figos não “engordam” tanto como se pensa. Cem gramas de figos frescos têm à volta de 70 calorias e, ainda, contêm uma elevada percentagem de água :)

 

Fonte: "101 Alimentos que podem salvar a sua vida"

Fotos: Google

publicado às 12:45

Diário de uma Magra # Infusão tomilho-limão # Detox

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 13.09.16

tomilho.jpeg

Depois de um fim-de-semana repleto de “excessos” tive que começar o meu dia a “desintoxicar” o organismo.

 

Hoje, optei por uma infusão de tomilho e limão, após a infusão estar pronta ainda adicionei sumo de meio limão.

 

Já conhecia a  infusão de tomilho-limão?

 

A infusão de tomilho e limão é uma bebida refrescante com um agradável aroma a limão, usada como tónico digestivo e regulador do intestino.

 

O tomilho é uma erva muito utilizada na culinária e pode enriquecer (nutricionalmente) a sua alimentação.

 

Apresenta cálcio, potássio, fósforo, magnésio e ferro, vitamina A e C. Tem uma boa quantidade de vitamina E, niacina e colina. Tem também uma pequena quantidade de vitamina K, tiamina, riboflavina, vitamina B6 e ácido fólico.

 

O tomilho, da família da hortelã, é ideal para aromatizar águas ou refrescos.

 

O limão é uma boa fonte de vitamina C, que ajuda a prevenir infeções e combater os radicais livres tornando nosso organismo mais resistente a agentes antioxidantes.

 

Boa semana para todos*

 

publicado às 12:40

Leguminosas # Perda de Peso

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 07.09.16

leguminosas arroz massa.png

 

A Organização das Nações Unidas (ONU) declarou 2016 o Ano Internacional das Leguminosas.

 

As leguminosas são excelentes fontes de hidratos de carbono de absorção lenta, que garantem energia para o bom funcionamento do organismo, e de proteínas com funções de construção.

 

O seu valor nutricional é enriquecido com nutrientes como o ferro, ácido fólico, magnésio.

 

O alto teor em fibras vegetais, são o ingrediente secreto para ajudá-lo a sentir-se completo, saciado, controlar o apetite e ajudar na perda de peso.

 

Tente incluir estes alimentos mais vezes na sua alimentação.

 

Garanta a diversidade nutricional, o seu organismo agradece!

 

Nota: Valor nutricional por 100g/alimento!

Fonte: Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge

 

publicado às 12:06


Mais sobre mim

foto do autor




Esbelt Brazilian Bodywear: 10% Desconto!

Esbelt Europe

Detox Original! 10% Desconto com o código: DINORABASTOS


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog