Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Diário de uma Magra # Sumo de Acerola # Açaí

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 31.08.14

 

Oi oi magrinhos, gordinhos e assim-assim!

 

Mais uma descoberta... ACEROLA, ou melhor Sumo de Acerola!

 

Indo eu… Indo eu… a caminho de Lisboa e já levava o açaí no pensamento.

 

Fiquei MESMO apaixonada pelo açaí! No entanto, já tinha decidido que, desta vez, ia experimentar o Sumo de Acerola que os meus primos me recomendaram. Mas queria que o MG provasse o famoso açaí.

 

Quando chegou à hora do lanche o drama “mas onde raio fica a loja???”. Sou mesmo desorientada, mas lembrava-me que:

. Era entre o Chiado e a Praça do Comércio (!!!???)

. Uma rua só para peões

. E… umas duas ruas abaixo dos Armazéns do Chiado.

 

Foi difícil, mas achei.

 

 

E como pode ver é uma rua de livre passagem para peões E CARROS e mesmo encostada aos armazéns do Chiado, o meu GPS e a minha memória estão mesmo mal :(.

 

E, finalmente, o Sumo de Acerola!

 

 

A acerola é uma fruta tropical com um sabor, ligeiramente, ácido-azedo e aroma parecido com a maçã.

 

Esta fruta possui pigmentos naturais, tais como antocianinas e carotenóides, que proporcionam cor aos alimentos, contribuindo para o seu aspecto visual, importante atributo com na aceitação e escolha do alimento pelos consumidores. Estes pigmentos possuem, ainda, importantes funções e ações biológicas, podendo ser considerados promotores da saúde e responsaveis pelo atraso do envelhecimento, devido à sua ação antioxidante (combate contra os radicais livres).

 

A acerola é conhecida pela sua riqueza em vitamina C, o que a torna um potente anti-envelhecimento. Algumas variedades desta fruta têm até 5.000 ml de vitamina C por 100 g de polpa. A acerola possui 100 vezes mais vitamina C do que o limão.

 

É mesmo potente :).

 

Além desta bomba de antioxidantes, ela também fornece vitamina A, B1, B2, B3, e sais minerais (cálcio, ferro e fósforo).

 

E tudo isto por, apenas, 33 kcal por 100g :) :)

 

Bemm... Mas, alguém não ficou pelo sumo de acerola, e teve que reforçar o lanche com um pastel típico do Brasil… que aspecto delicioso!

 

 

Tive que provar! Mas JURO que só provei, o MG é que sacou logo foto para me incriminar ;)

 

 

O "famoso açaí" era para o MG... Mas, rapidamente, passou para as minhas mãos :) ADORO ADORO e ADORO!

 

 

Num próximo post falo do pastel típico do Brasil, aqui ia ofuscar o sumo de acerola, e fulminar com o poder antioxidante do açaí e da acerola  ;)

 

Mais informação sobre o açaí:

http://dinorabastos.blogs.sapo.pt/31624.html !

 

Alguma sugestão de frutas tropicais para eu provar? :)

 

Beijinhos

 

Nó**

publicado às 10:59

Diário de uma Magra # Enjoy the Saturday

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 31.08.14

 

"Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe"

Oscar Wilde

 

Be Happy, Be Healthy, Be you!

publicado às 09:00

Diário de uma Magra # Dieta da Banana

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 30.08.14

 

A “nutrição” faz parte do meu dia-a-dia, SEMPRE, estando a trabalhar ou não. Há muita curiosidade sobre tudo que envolva comida, alimentos, super-alimentos, dietas, e há também várias opiniões, sugestões, etc.

 

Num momento de relaxamento, num "spa de beleza" :), mais uma vez começo a ouvir: “a banana é uma fruta que eu nem lhe toco, muito calórica”… “aliás toda a fruta é calórica”… “a maça ainda pode ser”… “cozida… fruta fresca… saladas de fruta”, etc. etc. Raramente, entro nestas discussões, muito menos quando a conversa não é comigo. Mas, como uma das senhoras me conhecia pediu a minha opinião! E, assim, lá tive eu que entrar na conversa.

 

Só para deixar este ponto já esclarecido:

 

Mas, o mais interessante é que com esta conversa fiquei a conhecer mais uma dieta que o seu objetivo é a perda de peso: a “Dieta da Banana”.

 

Conhecem? Já fizeram?

 

Confesso que conheço muitas “dietas”, umas mais equilibradas do que outras, algumas completamente descabidas, mas esta dieta não conhecia.

 

A “Dieta da Banana” foi criada pela farmacêutica japonesa Sumiko Watanabe para o seu marido Hitoshi Watanabe. Esta dieta tornou-se esta muito popular no Japão e, posteriormente, nos outros países.

E porque a banana?

Segundo a autora, as bananas possuem amidos e enzimas que auxiliam na digestão, melhorando o trânsito intestinal e os processos digestivos, contribuindo para a saciedade e para o emagrecimento.

 

A “Dieta da Banana” não implica a obrigatoriedade de ingerir bananas a todas as refeições do dia. Esta dieta consiste em comer 4 bananas ao pequeno-alomoço companhada de 2 copos de água morna ou um chá de sua preferência e tudo sem açucar. Esta mistura forma um gel que demora a ser digerido, aumentando a sensação de saciedade.

 

Recomendaçãoes para as outras refeições:

 

. Almoço: praticamente todos os alimentos são permitidos. Apenas. Os doces e os fritos devem ser evitados. A base desta refeição é: cereais integrais, peixe, legumes e saladas. Apela à importancia em reduzir as quantidades.

. Lanche: uma peça de fruta à escolha.

. Jantar:  deve ser feito antes das 20h e muito ligeiro.

. Ceia: não é permitida! Uma vez que, a “Dieta da Banana” recomenda que no máximo à meia-noite o individuo já esteja a dormir, e se puder se deitar antes, melhor. O ideal é ter um período de quatro horas entre a última refeição ou e o horário de dormir.

 

Outras curiosidades sobre a dieta:

. Os alimentos devem ser muito bem mastigados, para nos dar a plena sensação do sabor e a consciência do que a ingerir;

. A água é a única bebida permitida.

 

A “Dieta da Banana”, como a maioria das dietas da moda, acabam por ter algum fator positivo.

 

Na minha opinião, o ponto positivo desta dieta é o facto de desmistificar que a banana não é um “lobo mau” dos regimes de emagrecimento!

 

No entanto, a banana deve ser introduzida no nosso dia-alimentar de forma saudável e equilibrada, assim como todas as frutas. Deste modo, apresenta efeitos benéficos na saúde.

 

A banana é uma fonte de várias vitaminas (vitaminas do complexo B e vitamina A), minerais, onde se destaca o magnésio, o ferro e o potássio. E, intervém em muitos sistemas do organismo, pode combater a insónia e o stress e a irritabilidade na TPM.

 

Contem triptofano, aminoácido percursor da serotonina. A serotonina é responsável pelos processos de regulação de humor, sono e ajuda a relaxar, ajudando a diminuir o estado de depressão, ansiedade e stress.

 

As fibras aumenta a saciedade.

 

Em conclusão, apesar de muitas pessoas associarem o consumo de banana ao ganho de peso, este só pode ser associado a uma má alimentação, desequilíbrio entre gasto energético e ingestão calórica ou desequilíbrio hormonal. Assim, o consumo de banana quando moderado e equlibrado, não pode ser associado ao ganho de peso e pode ser ingerido por quem está de dieta.

 

A banana é um alimento que deve estar incluído na nossa alimentação, sem medo e sem culpa!

 

Dica da Nutri:

 

Coloque a banana no microondas alguns segundos.

Adicione canela a gosto e 2 gotas de limã;

Mastigue devagar e aprecie :)

 

 

 

Beijinhos e bom sábado,

 

 

Fotos: adaptadas da Google

publicado às 15:25

Perguntas e Respostas # Engorda mais o azeite ou o óleo de girassol?

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 27.08.14

 

Já escrevi um post sobre as gorduras vegetais, mas de facto não analisei este ponto (http://dinorabastos.blogs.sapo.pt/diferentes-oleos-azeite-diferentes-27708)!

 

Esta dúvida é muito frequente e, de uma maneira geral, como as pessoas associam o azeite a uma gordura saudável não o consideram “muito calórico”.

 

O azeite e o óleo de girassol (e todos os óleos vegetais) apresentam o mesmo valor calórico.

 

1 Grama de gordura tem 9Kcal!

1 Colher de sopa de azeite tem 119 Kcal

1 Colher de sopa de óleo de girassol tem 120 Kcal

 

Para ter um termo de comparação: 100 Gramas de brócolos tem 34 Kcal!!!

 

Embora o azeite esteja associado à prevenção de doenças crónicas, a dose deve ser respeitada. Pois, apesar de ser considerado uma gordura saudável não lhe retira calorias.

De salientar, que nos Planos Alimentares de emagrecimento, deve ser usado com bastante moderação.

 

FOTO: Google

publicado às 20:57

Batata-doce # Receita de Batata frita à moda da Nó

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 26.08.14

 

A batata-doce foi levada pelos exploradores Portugueses para África, India, Indonésia e sul da Asia.

 

A batata-doce é uma excelente fonte de vitamina A, apenas superada pela cenoura, e de betacaroteno. É um bom fornecedor de vitamina C, B6, magnésio, potássio e fibra.

 

A variedade vermelha da batata-doce é rica em fitoquímicos, nomeadamente o licopeno, que pode ajudar a diminuir o risco de doença cardíaca, cancro da mama e da próstata.

A variedade de polpa roxa tem um conteúdo elevado de antocianinas que protegem o organismo de doenças degenerativas.

 

 

Curiosidade: A principal fonte de nutrição/alimentação dos habitantes de Okinawa, que apresentam a esperança de vida mais elevada do Mundo, é a batata-doce.

 

Alguma investigação:

 

. Diabetes

Estudos recentes, em ratos alimentados com batata-doce branca, demonstraram uma melhoria significativa no funcionamento das células do pâncreas;

Um estudo realizado com humanos revelou uma melhoria da resistência à insulina quando a batata-doce foi incluída na dieta.

 

. Cancro

Um estudo celular demonstrou que a batata-doce tem propriedades anticancerígenas únicas.

 

# Receita de Batata-doce frita à moda da Nó

 

Ingredientes:

 

. Batata-doce

. Lima (raspas e sumo)

. 1 Colher de café de sal aromatizado

. Azeite

. Alecrim

 

Preparação:

 

. Corte as batatas-doces às rodelas (se usar um cortador para consegue as batatas finas e mais uniformes);

. Coloque folhas de papel vegetal (previamente pode pincelar as folhas com um pouco de azeite) num tabuleiro;

. Coloque as batatas-doces no tabuleiro, apenas numa camada;

. Salpique as batatas-doces com o azeite, o sal e o alecrim;

. Coloque no forno, pré-aquecido a 180ºC, durante 20 a 30 minutos;

. Tempere, ligeiramente, as batatas com sumo de lima.

 

 

Espero que goste :)

 

FOTOS: Google

 

publicado às 23:51

Diário de uma Magra # O metabolismo da minha amiga "assim-assim"

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 26.08.14

 

Oi oi magrinhos, gordinhos e assim-assim,

 

Dias depois de ter publicado o post “Come, come e não engorda” # Metabolismo?” (http://blogs.sapo.pt/editjournal.bml?usejournal=dinorabastos), combinei um almoço com uma amiga. Ela, mal me viu, disse indignada: “Di aquele post não era sobre mim pois não?” (de facto não era, mas encaixava na perfeição)!

 

Mal chegamos ao shopping (pouco passava do meio dia) começou: “Já estou com fome… Não queres comer qualquer coisa para empatar a fome… Tu não comes…” etc. etc.”. Empatei até às 13h, mas tivemos mesmo que ir almoçar que ela estava desesperada.

 

Eu fui direitinha para o que queria, a minha amiga mudou de fila 2 vezes até que parou ao pé de mim:

- “Di o que vais comer?”

- “1/2 sopa, crepe de queijo, fiambre e legumes e um sumo de laranja natural”

- “Tanta coisa? Eu vou comer uma salada, não estou com grande apetite"

 

O QUE????? Agora já não tem fome???? Calma Dinora isto vai dar um grande post!

 

Escolheu, escolheu e parou, novamente, ao pé de mim.

 

- “Bem, vou almoçar o mesmo que tu!”

 

Almoçamos e tomamos um café (que foi buscar ao lado oposto do recinto e sabem porque? Não, não foi para fazer exercício físico. Este café trazia um brinde… um chocolate! ISTO É MESMO VERDADE).

 

Quando nos preparávamos para sair do shopping, decidiu provar um “iogurte gelado da moda”… “Di isto engorda?”… Enquanto perguntava já estava a saborear o famoso iogurte :)

 

Lá saímos do shopping em direção à praia.

 

Pelo caminho conseguiu convencer duas amigas nossas a irem ter connosco à esplanada da praia e ia refilando com elas ao telemóvel: “estou desconsolada com o almoço da Di!” ??? Desconsolada? Com o meu almoço? O mesmo que ela escolheu, de livre vontade?? E ainda acrescentou uma sobremesa??? (Como eu te conheço bem).

 

Na esplanada teve direito a tudo: fino, tremoços, amendoins… até bolacha americana …

 

No final de tarde quando regressávamos a casa eu disse:

-  “Estou a ficar com fome” (ahh eu entretanto já tinha comida a minha frutinha que levei numa lancheira).

- “Também o nosso almoço foi fraquinho. Paramos numa pastelaria e lanchamos?”

 

SERÁ QUE SÓ O ALMOÇO CONTA? E o iogurte (quitado), os tremoços, os amendoins, a bolacha Americana e a minha maçã que ela "roubou" da minha lancheira para "cortar" o doce da bolacha Americana vão para a barriga de quem? Para a minha?

 

- “Tu estás com fome ou vontade de comer?”

 

Depois de alguns segundos de silêncio: “Vamos para casa”!

 

E não falamos mais nada sobre o assunto.

 

Quando chego a casa recebo a seguinte sms: “Amiga envio a foto que tirei ao nosso almoço! Podes fazer um post sobre o meu “metabolismo”, mas livra-te de dizer o meu nome. Podes assinar a AMIGA ASSIM-ASSIM ;) PS: Ahhh tu sabes que hoje foi uma exceção lol."

 

 

O problema aqui não é a quantidade de alimentos, ou o tipo de alimentos que a pessoa fez. Mas sim o que ela armazena na memória como o seu “dia alimentar”. Para a minha amiga “assim-assim” desde que chegou ao pé de mim só contabilizou o almoço. Todos os outros alimentos/bebidas “ESQUECEU”!!!! Ou seja, no final do dia diz: “eu comi o mesmo que a Dinora”, quando na verdade o seu “dia alimentar” foi muito diferente do meu.

 

Isto é muito frequente acontecer. Já lhe aconteceu a si? 

 

Dicas da nutri:

 

. Antes de culpar o seu metabolismo analise o seu “dia alimentar” com um olhar crítico e verdadeiro;

. Se for preciso aponte num bloco todos os alimentos que vai ingerindo ao longo do dia, evita esquecimentos voluntários e involuntários ;), e no final do dia analise;

. Se o seu metabolismo é mesmo lento experimente e introduza alguns alimentos termogénicos na sua alimentação:

http://dinorabastos.blogs.sapo.pt/alimentos-termogenicos-2812 ;

.Se não conseguir resolver o problema sozinho, procure ajuda junto de profissionais da área e não tenha vergonha;

 

. NÃO SE ENGANE… a equação do controlo de peso é simples:

Quando a ingestão calórica é superior ao que gastamos nas atividades diárias, aumentamos de peso; pelo contrário, quando a ingestão calórica é inferior ao que gastamos durante o dia o peso diminui.

 

 

A chave do sucesso está no equilíbrio!

 

A minha amiga foi umas das impulsionadoras deste blog (OBRIGADA), além de me deixar partilhar esta história, que é o espelho de tantas pessoas, espera que este post sirva de inspiração para alguem  ("se ajudar apenas uma pessoa, já fico feliz").

 

Beijinhos,

 

Nó**

 

publicado às 00:56

Diário de uma Magra # Teatro # Rita Ribeiro # Gisberta

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 24.08.14

 

Olá magrinhos, gordinho e assim-assim!

 

O teatro é mesmo uma paixão! Adoro, adoro e adoro. Infelizmente, não tenho ido com a mesma regularidade que ia quando morava no Porto. Aveiro é uma cidade maravilhosa, mas ainda não nos oferece as mesmas oportunidades que a cidade do Porto ou Lisboa.

 

Mas sempre que posso lá vou eu, e este sábado fui :)

 

“Gisberta” foi a minha escolha, no Cinema-Teatro São Jorge na Avenida da Liberdade:

 

Texto e encenação: Eduardo Gaspar e interpretação: Rita Ribeiro!

 

Rita Ribeiro interpreta a história ficcional, com contornos realistas, da mãe da transexual Gisberta, que foi barbaramente assassinada no ano de 2006, na cidade do Porto, vítima da violência de 14 jovens internos de uma instituição católica. Durante a peça, ela vai relatando a um jornalista factos da vida do “seu menino”, desde a infância até o momento em que parte do Brasil em busca do direito de ser vista e respeitada como mulher. Fala da sua dificuldade em aceitar a identidade de género do filho e das várias tentativas de o dissuadir, ainda na infância, a não seguir um caminho por ela e por muitos considerado “anti-natura”; fala da saudade que sente do “seu menino”; do arrependimento por tê-lo deixado partir...

 

 

 

 

 ADOREI... e a Rita Ribeiro é fántástica :)

 

As próximas atuações serão:

 

. Dia 29 de Agosto no Casino da Figueira da Foz

. Dia 3 de Outubro em Coimbra

. Dias 23 e 24 de Outubro em Leiria no Festival de Teatro 'Acaso'.

Em 2015 a peça regressará à Cidade Invicta. 

 

Não falte… É um espetáculo bonito, intenso e verdadeiro!

 

 

Este tipo de acontecimentos, como o que é relatado na peça, não devem ser esquecidos para que não voltem a acontecer.
Rita Ribeiro deu voz à dor de uma Mãe e relembrou que Gisberta existiu, viveu e era um Ser Humano que sofreu e a quem fizeram sofrer.
Junto uma das fotos que encontrei de Gisberta para relembrarem quem foi.” Rita Ribeiro

 

“Cada um faz sua própria opção e você não tem o direito de oprimi-la. Homofobia não se justifica, se combate e se destrói. Somos todos iguais.”

 

“Não julgue alguém pela sexualidade quando você não quer ser julgado pelo caráter.”

Jean Lacerda

 

Boa semana!

 

Beijinhos,

 

Nó***

 

publicado às 21:52

"Olhos nos Olhos" # Olheiras # Parte II

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 22.08.14

Meninas (e meninos) vamos dizer adeus, finalmente, às olheiras? :)

 

Era impossível ir de fim de semana sem vos deixar a Parte II da matéria “Olhos nos Olhos” do Dr. Rodrigo, depois do sucesso da Parte I ;)

 

“Olhos nos Olhos” # Parte II

 

 

Atualmente, os princípios ativos mais utilizados em galénicas cosméticas por tratar este inesteticismo são:

 

. Vitamina C (ações antioxidantes, no endotélio vascular e na formação das estruturas de sustentação dos tecidos);

. Vitamina K, arbutin, nicotinamida, hidroquinona (efeitos na retirada da pigmentação dos tecidos);

. Ácido Tioglicólico (usado nas concentrações de 5 a 12%, é uma substância do grupo tiólico, com alta afinidade pelo ferro, logo com capacidade de quelar este da hemossiderina, um dos principais pigmentos responsáveis pelo escurecimento desta região;

. Cafeína (efeito vasoconstritor e lipolítico, na bolsa de gordura subpalpebral);

. Ác. Retinoico, Ác Azeláico, Ác. Kójico, Ác. Fítico (ácidos com efeito despigmentante e com propriedades de reorganização da epiderme);

. Rutilina, Ginkgo biloba, Ruscus, bioflavonoides (venotrópicos).

 

Junto com o tratamento cosmético tópico, é fundamental uma correta hidratação do organismo (uma pele desidratada tem menor vigor, elasticidade e torna-se mais translucida), o uso regular de óculos e protetores solares, uma alimentação saudável (rica em “nutracêuticos”), cessação tabágica, otimizar a qualidade do sono e a prática de exercícios, assim como habituar-se a utilizar compressas ou máscaras frias nesta região.

 

Se todas essas medidas não forem suficientes, está indicada uma consulta médica a fim de estabelecer o melhor tratamento entre os vários procedimentos hoje disponíveis, entre eles:

 

. LASERTERAPIA: considerado o melhor tratamento na atualidade para a correção dos inesteticismos da face. É uma fonte de energia luminosa, capaz de regularizar a pigmentação, aumentar o tônus e otimizar o trofismo cutâneo. A idade, a cor e o tipo de pele determinam que tipo de dispositivo deve ser utilizado. Estes podem ser: Laser ablativos (CO2, Erb:YAG, …). Lasers não-ablativos (Nd:Yag, Diodo,…) e IPL (Luz Intensa Pulsada);

 

. PREENCHIMENTO ÁCIDO HIALURÓNICO: esta técnica permite melhorar o vulome e o contorno da região periorbicular, assim como diminuir a transparência cutânea e estimular a produção de colágeno e a reposição de glucosaminoglicanos da derme;

 

. CIRURGIA PLÁSTICA (blefaroplastia): Através do uso de bisturi, faz-se retirada da bolsa de gordura subpalpebral e do excesso de pele desta região;

 

. PEELINGS QUIMICOS: uso de ácidos, como fenol ou TCA (ácido tricloracético), para obter uma descamação da epiderme e derme superficial de forma a homogeneizar a superfície cutânea, retirar a pigmentação irregular e promover a renovação celular tecidual;

Existem ainda outras técnicas menos utilizadas, assim como novas terapias em estudo, pois a cosmetologia e a dermoestética, são umas das áreas de maior avanço científico na medicina.

 

Mas, apesar de todo o conhecimento atual médico-tecnológico, ainda temos como a melhor forma de prevenção para estas e muitas outras alterações estéticas o bom e velho conselho da minha avó: “Viva bem, em Paz e feliz, muito feliz meu filho…”.

 

Dr. Rodrigo Ayoub

Especialista em Medicina Estética e Dermocosmética

 

Dr. Rodrigo o seu amiguinho tem olheiras? ;)

 

Se perdeu a Parte I, aqui fica o link: http://dinorabastos.blogs.sapo.pt/olhos-nos-olhos-olheiras-parte-i-33934

 

Bom fim de semana**

publicado às 17:45

“Come, come e não engorda” # Metabolismo?

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 21.08.14

Nas minhas consultas é muito frequente ouvir “o meu amigo come muito mais que eu e nunca engorda, porque será?”

 

De facto, há pessoas que têm uma carga genética que os “protege”, ou seja têm um metabolismo basal elevado. Isto quer dizer, de uma maneira muito simples e brejeira, que são “gastadores de energia”.

 

No entanto, a maioria de nós herdou os genes “poupadores de energia”, o que nos dificulta um pouco a perda de peso.

Mas, na minha opinião e em primeiro lugar, nunca se deve comparar com ninguem. SOMOS SERES UNICOS e a comparação é sempre difícil (e inútil). Efetivamente, nunca sabemos ao certo que tipo de alimentação o amigo pratica, se quando ele diz “como muito”, para nós pode ser POUCO, ou se come muito socialmente e noutra situação faz uma menor ingestão. Há um conjunto de fatores que tornam a comparação difícil de se executar.

 

É complicado termos um RX fiel e exato de outra pessoa.

Leia o post "O Metabolismo da minha Amiga" e terá um bom exemplo de que a culpa nem sempre é do nosso metabolismo!

 

Deve fazer o seu próprio RX, analisar e MUDAR os pontos que o estão a impedir de perder peso. Esta mudança deve incluir a alimentação, o exercício físico e o estilo de vida.

 

 

 

Be happy, Be Healthy.. Be YOU!

FOTOS: Google

publicado às 20:24

Perguntas e Respostas # " Produtos Light, Magros, Diet"

por Diário de uma Magra by Dinora Bastos, em 20.08.14

 

 

Uma das questões que nos têm enviado, repetidamente, é “light é sinónimo de dieta?”, “os produtos light são melhores que os outros?”, “estou de dieta tenho que optar por produtos light?”.

 

É verdade que a maioria dos produtos light tem menos calorias do que o seu equivalente original. Mas optar por estes produtos pode ser contraproducente se forem consumidos em excesso. Ou seja, nunca serão a cura para a obesidade.

 

Lembre-se que na nutrição “a dose pode fazer o veneno”.

 

Para ficar mais esclarecido:

 

Baixo teor de gordura – só pode ser feita quando o produto não contiver mais de 3g de gordura por 100g para os sólidos ou 1,5g de gordura por 100ml para os líquidos.

 

Baixo teor de açúcares – só pode ser feita quando o produto não contiver mais do que 5g de açúcares por 100g para os sólidos ou 2,5g de açúcares por 100ml para os líquidos;

 

Fonte de fibra – só pode ser feita quando o produto contiver, no mínimo, 3g de fibra por 100g ou, pelo menos, 1,5g de fibra por 100kcal.

 

Alto teor em fibra - só pode ser feita quando o produto contiver, no mínimo, 6g de fibra por 100g ou, pelo menos,3g de fibra por 100kcal;

 

Light ou Magro – só pode ser feita quando a redução do teor do nutriente for, no mínimo, de 30% em relação a um produto semelhante, sendo que deve ser indicada qual a característica que torna o produto light. É normalmente utilizada para a redução de gordura, mas pode ser utilizada para a redução de outros nutrientes.

 

Diet – São os alimentos especialmente formulados para grupos da população que apresentam condições fisiológicas específicas. Como, por exemplo, gelatina para dietas com restrição de açúcar. São feitas modificações no conteúdo de nutrientes, adequando-os a dietas de indivíduos que pertençam a esses grupos da população. Apresentam na sua composição quantidades insignificantes ou são totalmente isentos de algum nutriente. 

 

Fonte de [Nome da vitamina ou do mineral] - só pode ser feita quando o produto contiver, pelo menos, 15% da DDR por 100g ou 100ml.

 

Alto teor em [Nome da vitamina ou do mineral] - só pode ser feita quando o produto contiver, pelo menos, 30% da DDR por 100g ou 100ml .

 

Adaptado de Reg. 1924/2006 de 10 de Dezembro, Decreto-Lei nº 54/2010 de 28 de Maio e D.L.nº 167/2004 de 7 de Julho

 

Leia com atenção o rótulo dos produtos antes de comprar!

 

Este são "os meus verdadeiro alimentos light, magros e diet":

 

 FOTOS: Google

publicado às 17:00

Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor




Esbelt Brazilian Bodywear: 10% Desconto!

Esbelt Europe

Detox Original! 10% Desconto com o código: DINORABASTOS


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog